Na ALE, Ricardo Nezinho debate qualidade do serviço e administração da Casal
18 de Março de 2021
Imprensa RNZ (1196 articles)
Share

Na ALE, Ricardo Nezinho debate qualidade do serviço e administração da Casal

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira, 17, na Assembleia Legislativa Estadual (ALE), o deputado Ricardo Nezinho (MDB) disse que não existe problema de escassez de água na cidade de Arapiraca.

“Pelo contrário, o problema de abastecimento em Arapiraca é pelo fato de água chegar com muita pressão e, devido à tubulação antiga, é necessário fazer uma readequação no sistema de distribuição de água na cidade”, afirmou o parlamentar.

Ainda na sessão, o deputado Davi Maia (DEM) voltou a criticar a gestão da Casal (Companhia de Saneamento de Alagoas). Ele lembra que há dois anos vem cobrando a melhoria da capacidade gerencial da empresa, sem sucesso. “E agora, o presidente da AMA (Associação dos Municípios Alagoanos), Hugo Wanderley, vai à imprensa dizendo que é um absurdo o presidente da Casal, Clécio Falcão, continuar a frente da empresa; e que os municípios da Bacia Leiteira estão há muito tempo sem água”, contou Maia, observando que a fala de Wanderley vem corroborar com seu posicionamento a respeito da Casal.

“Eu já venho falando isso há muito, aliás, me elegi dizendo isso: que a Casal precisa ser privatizada, que a Casal só traz problemas ao cidadão. Dessa vez, quem está falando é um aliado de primeira hora do governador Renan Calheiros. Pode ser que ele escute e mude pelo menos a gestão da empresa”, argumentou Davi Maia.

Na sequência, o deputado Ronaldo Medeiros (MDB) observou que, em seu primeiro mandato na Casa, durante o Governo de Teotônio Vilela Filho, era uma constante o pedido de crédito suplementar para ser colocado na Casal, para fazer face a cumprimento de compromissos, inclusive com salários. “O Clécio tem feito uma gestão muito boa. A Casal tem um papel importantíssimo”, defendeu Medeiros. “A verdade tem que ser dita: a Casal vem obtendo superávit, dando lucro em torno de R$ 50 milhões por ano, e o Governo deixou de enviar recursos públicos para quitar compromissos da empresa”, assegurou o deputado.

A deputada Cibele Moura (PSDB) também se posicionou sobre o tema, dizendo ser importante estabelecer que, se existem culpados pela má qualidade do serviço prestado pela Casal, isso não passa pelo presidente da empresa, Clécio Falcão. “É necessário reconhecer que as contas da Casal começaram a melhorar e que o problema da Casal é a própria empresa, é a forma como o sistema é gerido, com que a população vem sendo atendida”, avalia a parlamentar, informando ainda sobre a péssima qualidade da água ofertada no município de Paripueira.

A deputada Jó Pereira (MDB) lembrou que na sessão ordinária de ontem, o deputado Dudu Ronalsa (PSDB) manifestou preocupação com a problemática da água fornecida ao município de Piaçabuçu. “Eu concordo com a deputada Cibele Moura quando ela diz que a culpa não é do presidente Clécio. Realmente não é. Mas não podemos tapar o sol com a peneira”, argumenta Pereira, acrescentando que a “culpa é a falta de investimentos públicos em uma política extremamente essencial, que é o acesso a água de qualidade”.

 

FONTE:  www.diarioarapiraca.com.br/

Imprensa RNZ

Imprensa RNZ