5 de abril de 2005
0 comments
Compartilhe

Rosa Gonzaga Lima

Rosa Gonzaga Lima
Natural de Olho D’água das Flores, é filha de Irene Gonzaga de Lima, alagoana de Poço das Tincheiras e Ulisses Pereira de Lima, pernambucano de Serra Talhada.
Rosa Gonzaga chegou em Arapiraca ainda criança através do convite formulado a sei pai pelo sobrinho Ernesto Pereira Lima, casado com a arapiraquense Bezinha Lima.
Rosa Gonzaga cursou o ensino primário no Grupo Escolar Adriano Jorge, onde fazia a diferença envolvendo professores e alunos em ações sociais, participava das festividades da escola, nas datas alusivas a 7 de setembro e 30 de outubro desfilava nos principais pelotões. Terminando o ensino primário, continuou os estudos no Colégio São Francisco de Assis, conhecido como Colégio das Freiras; após submeter-se às provas de admissão.
Rosa Gozaga já desfrutava de incontestável espírito de liderança e conduziu sua turma a conhecer o futuro governador de Alagoas, o Dr. Divaldo Suruagy, em companhia do deputado Antônio Ferreira e sua esposa Sheila que foram padrinhos da turma.
Em 30 de outubro desfilou em grande estilo representando a 1.ª ministra da Índia, Dr.ª Indira gandhy, num estiloso cavalo branco.
Sua trajetória política iniciou-se pelas suas qualidades de honradez, idealismo e dedicação à causa do povo; empenhou-se por trabalhar e defender a família arapiraquense no que diz respeito a recuperação de vidas, no que se refere a jovens vítimas das drogas quando o assunto em pauta era remoto e a mídia não divulgava a respeito, Rosa Gonzaga já encaminhava os jovens de Arapiraca e de Alagoas para o Desafio Jovem, no Rio de Janeiro a fim de se recuperar. Sua luta incansável pelo povo de sua terra configurou-se numa linda história política caracterizada pelo dinamismo de uma jovem com firmeza de propósito pelo bem estar da coletividade. Conseguiu com o governador de São Paulo, Dr. Mário Covas, uma cirurgia grátis de hérnia de disco para seu vizinho após Alagoas ter cobrado 8 mil reais.
Conseguiu ainda com o então governador de São Paulo, Dr. Paulo Maluf, dois transplantes renais gratuitamente, sendo que em um deles, Rosa Gonzaga foi a doadora para sua irmã.
Ingressou na política a convite do então deputado estadual Manoel Pereira Filho (Nezinho). Sua eleição tornou-se uma aclamação do povo de Arapiraca em reconhecimento pelos serviços prestados, pois que, sem utilizar a máquina pública municipal, para fazer dela cabide de empregos, conseguiu uma vitória digna e esmagadora.
Iniciou o seu mandato de vereadora como vice-presidente da Câmara e destacou-se por ser autora de importantes projetos de lei que beneficiaram o povo de Arapiraca e de Alagoas, quando a temática, racismo, violência e drogas não estavam em evidência na mídia. Sabedora, que é dever precípuo do político estar atento à problemática da família e da juventude no que se refere aos conflitos sociais, uma vez que a preocupação com a pessoa humana, como indivíduo em si, deve ser tão importante quanto o interesse no destino da coletividade, Rosa Gonzaga fez do seu mandato um instrumento de inestimável valor em defesa da sociedade e dos menos favorecidos, fez ainda, do seu mandato u veículo de extrema utilidade para expansão do reino de Deus em alagoas.
Rosa Gonzaga ocupou importantes cargos na esfera política de Alagoas e foi homenageada na esfera política do Brasil, é cidadã honorária do Estado do Rio de Janeiro, homenagem conferida pela Assembleia Legislativa daquele bravo estado carioca, iniciativa do então deputado estadual Gutemberg Chaves.
Homenageada outra vez pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro com uma moção de aplausos pelos relevantes serviços prestados também ao Rio de Janeiro, através do Desafio Jovem daquele estado, a qual é presidente de honra, iniciativa do deputado estadual Ampliato Cabral.
Na esfera política estadual, ocupou vários cargos importantes, foi nomeada para a Secretaria de Agricultura no governo Theobaldo Barbosa, grande amigo de seu pai.
Nomeada como assessora da superintendência do INSS em Alagoas no primeiro governo de José Sarney.
Nomeada como Diretora da Divisão de Serviço Social da Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas, a convite do então deputado Manoel Pereira Filho Nezinho.
Funcionária Emérita da assembléia Legislativa.
Nomeada Diretora de Administração e Finanças da Secretaria de Turismo, antiga EMATUR, empossada pelo vice-governador Francisco Mello.
Nomeada Chefe de Gabinete da Universidade Estadual de Alagoas, antiga FUNESA, no governo Divaldo Suruagy
Nomeada novamente pelo governador Manoel Gomes de Barros como Chefe de Gabinete da Universidade Estadual de Alagoas.
Recebeu homenagem da turma de letras da Faculdade Raimundo marinho pela palestra com o tema Juventude e as Drogas no Mundo Atual.
Palestrante do apoio feminino da AdHonep no Mar Hotel Recife em Boa viagem.
Palestrante do encontro regional de mulheres no Hotel Best West Malibú em Boa Viagem, Recife.
Palestrante do apoio feminino da AdHonep Campina Grande, Paraíba.
Palestrante do apoio feminino da AdHonep no Beach Risort, em Aracaju – Sergipe.
Como vereadora conseguiu com o ministro Valdir Arcoverde , da Saúde, com o governador Divaldo Suruagy e com o secretário de saúde, Dr. Humberto Mello, um grupo gerador para o Hospital Regional.
Conseguiu ainda com o general Alencastro, das Comunicações uma central telefônica para o Hospital Regional.
Autora da Lei nº 1540, de prevenção contra o uso de drogas;
Autora da lei de prevenção contra a violência;
Autora da lei de prevenção contra o racismo;
Autora da lei que determina a leitura da Bíblia antes do início de todas as sessões da Câmara Municipal;
Autora da lei que cria a Praça da Bíblia;
Rosa Gonzaga é cidadã arapiraquense, comenda concedida por unanimidade pelos colegas vereadores.
É personagem histórica de Arapiraca, título conferido pela Câmara Municipal.
Rosa Gonzaga é cristã, graduada em teologia pela Faculdade de Teologia de Alagoas.
Concluiu pela UNEAL, o curso sequencial de geografia.
Está cursando Pedagogia pela FAFIB, seu currículo acresce em 35 páginas em congressos, simpósios, palestras e conferências no Brasil e no exterior. Conhece 12 países no mundo e fala espanhol.
Pela qualidade de honradez e digna representante do povo arapiraquense, Rosa Gonzaga entrou para a história e seu legado está eternizado no Memorial da Mulher em Arapiraca.

VER GALERIA

Comentários

Nenhum comentário! Você pode ser o a comentar este post!

Write comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *