Ricardo Nezinho lamenta saída de Jardel Aderico da Secretaria da Paz
25 de outubro de 2013
0 comments
Compartilhe

Ricardo Nezinho lamenta saída de Jardel Aderico da Secretaria da Paz

O deputado Ricardo Nezinho (PMDB) pediu a palavra na sessão desta quinta-feira, 23, da Assembleia Legislativa, para lamentar a saída de Jardel Aderico da Secretaria de Promoção  da Paz de Alagoas. Jardel entregou o cargo ao governador Teotonio Vilela Filho, na tarde de ontem, após uma crise estabelecida na Unidade de Internação Masculina do Estado e dos constantes motins e fugas registrados nas últimas semanas.

Nezinho ressaltou a capacidade de Jardel, principalmente no trabalho de recuperação de jovens dependentes químicos. “O governo do Estado perde um dos seus melhores secretários. Um homem voltado para o trabalho de sua secretaria, que trabalhava sempre em sintonia com outros órgãos visando sempre atenuar a violência em Alagoas”, afirmou o parlamentar.

Nezinho apresentou alguns programas oriundos da secretaria comandada por Jardel, que serviram de modelo para outros estados, dentre eles, destacou o Acolhe Alagoas e o Educação para a Paz, que tem como foco o desenvolvimento de uma cultura de Paz e não-violência nas escolas alagoanas e nas famílias. Neste programa, cerca de 18 mil alunos de escolas públicas de 17 municípios do Estado já estão sendo educados para uma cultura de paz.

Por fim, Nezinho ressaltou que a saída de Jardel Aderico da secretaria de Promoção da Paz, representa uma perda para Alagoas e para os alagoanos “Com isso perde o governo, e perde principalmente, a sociedade alagoana”, concluiu o deputado.

Em aparte, o deputado Jeferson Moraes (DEM) se solidarizou com o colega e também destacou a importância do ex-secretário na implantação da cultura de paz em Alagoas. Ainda na sessão desta quinta-feira, os deputados aprovaram, por unanimidade, um requerimento do próprio Ricardo Nezinho que apresentou uma moção de congratulações ao ex-secretário da Paz, Jardel Aderico, pelos seus relevantes serviços prestados ao Estado.

FONTE: http://www.tribunahoje.com

Comentários

Nenhum comentário! Você pode ser o a comentar este post!

Write comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *