28 de setembro de 2011 Compartilhe

PSD ou PMDB? TRE aprova desfiliação de Nezinho do PTdoB

Por unanimidade de votos, os desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) aprovaram em sessão ordinária realizada nesta quarta-feira, 28, o requerimento do deputado estadual Ricardo Nezinho solicitando sua desfiliação, por justa causa, do Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB).

Em seu requerimento, protocolado no dia 27 de julho deste ano, o parlamentar alega “injusta perseguição e discriminação pessoal” para embasar o pedido.

Os desembargadores seguiram o parecer do desembargador eleitoral Manoel Cavalcante de Lima Neto, relator do processo, onde ele cita que “havendo consonância do Partido quanto à existência de fatos que justifiquem a desfiliação partidária, não há razão para não declarar a existência de justa causa.”

A desfiliação de Nezinho do PTdoB já era prevista desde maio passado, quando uma discussão em plenário entre os deputados Antônio Albuquerque e Ricardo Nezinho, ambos do PTdoB, deixou clara a insatisfação do segundo com os rumos do partido.

Na ocasião, o deputado Dudu Hollanda (PMN) convidou Nezinho para engrossar as fileiras do novo Partido Social Democrático (PSD) em Alagoas. Nezinho teria recebido a “bênção” dos caciques do novo partido – e também do PMDB – para se lançar candidato a prefeito de Arapiraca nas eleições do ano que vem.

Em entrevista ao Alagoas24horas, o deputado confirmou os convites recebidos pelas duas legendas e disse que estava refletindo sobre a melhor escolha, mas negou que as eleições de 2012 estivessem em jogo na decisão. “Até a próxima semana, antes do prazo final para a filiação, que é dia 7 de outubro, terei a resposta”, afirmou.