30 de setembro de 2019
Imprensa RNZ (1137 articles)
Share

Deputado Ricardo Nezinho destaca importância do Hospital da Mulher para as alagoanas

“As mulheres, não apenas de Maceió, mas de todo o estado de Alagoas, terão a partir de agora um atendimento especializado com a entrega do Hospital da Mulher pelo governador Renan Filho, que sempre esperou isso”, disse o deputado estadual Ricardo Nezinho (MDB) sobre o HM.

Segundo o deputado, a mulher também contará com um grau de conforto que não existe em muitos hospitais brasileiros, inclusive particulares. “O HM nasceu da necessidade da rede e da luta da mulher alagoana pelo direito à saúde. Equipamentos de ponta aliados a uma equipe de profissionais qualificados colocam o hospital como uma das unidades mais importantes do país”, falou.

“Foi construído e pensando exclusivamente na mulher alagoana, que vai contar já a partir desta segunda com uma completa infraestrutura, com 127 leitos e capacidade de seis mil atendimentos por mês, vai abrir as portas para ampliar e melhorar os serviços de baixa e média complexidade no Sistema Único de Saúde”, afirmou o parlamentar. “A usuária do Hospital da Mulher Dr. Nise da Silveira já poderá vislumbrar o padrão de excelência e humanização que queremos para o atendimento da população do nosso povo, em um futuro que já se faz presente”, destacou.

Ricardo Nezinho fez questão de mencionar a importância dos serviços que serão ofertados no prédio de sete andares, como obstetrícia, puerpério, endocrinologia, ginecologia, colposcopia, mastologia, cardiologia, anestesia e cirurgia ginecológica.

O espaço também conta com uma equipe multiprofissional que vai oferecer acompanhamento, exames clínicos e tratamento adequado de acordo com as especificidades de cada usuário, visando promover sua saúde integral. O serviço tem foco no Processo Transexualizador do SUS, atendendo aos pré-requisitos da Portaria 2.803, de 18 de novembro de 2013, que redefine e amplia o Processo Transexualizador no SUS.

Outro ponto positivo para o deputado Ricardo Nezinho foi o nome escolhido, Dra. Nise da Silveira, uma psiquiatra alagoana, que nasceu em 1905 e morreu no ano de 1999.

 

FONTE:  www.diarioarapiraca.com.br

Imprensa RNZ

Imprensa RNZ