CPI da TIM: parlamentares pedem indiciamento de dois diretores da operadora
15 de dezembro de 2011
Imprensa RNZ (996 articles)
0 comments
Share

CPI da TIM: parlamentares pedem indiciamento de dois diretores da operadora

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da TIM apresentaram, no final da manhã desta quinta-feira, 15, o relatório final, onde pediram o indiciamento dos diretores da operadora de telefonia móvel, Luciano Guerra e Charles Davies, por estelionato.

Segundo o relator da CPI, deputado Sergio Toledo, os diretores devem ser indiciados ao Ministério Público do Estado por oferecer e cobrar serviços os quais os consumidores não usufruíam.

“A operadora oferecia um serviço, o plano Infinity, onde as pessoas pagavam somente a chamada de um minuto e falavam o tempo que quisesse; só que antes de completar esse tempo a ligação caia e eles tinham que fazer uma nova, pagando mais por isso”, exemplifica.

De acordo com o presidente da CPI, deputado Ricardo Nezinho, a comissão iniciou após perceber a insatisfação dos usuários em relação aos serviços ofertados pela operadora. “Percebemos a falta de sintonia da Anatel com os usuários. Sem esse relatório não podíamos ter concluído esse trabalho”, afirmou.

Nezinho acrescentou que através do relatório foi possível pedir o indiciamento dos diretores da operadora, o cancelamento das propostas dos contratos dos novos usuários, e o ressarcimento dos serviços pela má qualidade.

O deputado Dudu Holanda, também membro da comissão, afirmou que a CPI conseguiu alcançar o objetivo que era atender aos reclames dos usuários. “Estamos com a consciência de dever cumprido. Agora esperamos que o MP tome as devidas providencias”, coloca.

O relatório foi entregue na tarde desta quinta-feira, 15, ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas, e amanhã, 16, ao Ministério Público do Estado.

Convocados para CPI

Dentre os depoentes estavam Rodrigo Cunha, superintendente do Procon; Mauricio Fernandes, presidente da seccional da OAB de Arapiraca; Saulo Ventura, promotor de justiça; Antonio Jorge, Ricardo Henrique, representantes da Anatel; Paulo Antonio Castro, procurador federal; gerente operacional em Alagoas; Ricardo Henrique; José Mendonça, presidente do sindicato dos trabalhadores das empresas de telecomunicações; José Carlos Neto e Marcio Nakai, representantes da Nokia/Siemes; Leandro Guerra e Charles DAvies, diretores da operadora TIM.

FONTE: http://alagoastempo.com.br/

Imprensa RNZ

Imprensa RNZ

Comments

No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write comment


Warning: Illegal string offset 'rules' in /var/www/html/ricardonezinho.com.br/web/wp-content/themes/solidus-theme/functions/filters.php on line 214

Warning: Illegal string offset 'rules' in /var/www/html/ricardonezinho.com.br/web/wp-content/themes/solidus-theme/functions/filters.php on line 221