18 de agosto de 2019
Imprensa RNZ (1113 articles)
Share

Comemoração: 38 anos de alcoólicos anônimos em Arapiraca conta com participação do Deputado Ricardo Nezinho

O deputado estadual Ricardo Nezinho (MDB), participou na noite deste sábado (17), da festa dos 38 anos de existência dos Alcoólicos Anônimos em Arapiraca. Durante a solenidade, o parlamentar aproveitou a oportunidade, para falar para os membros de AA, sobre o seu Projeto de Lei, sancionado pelo governador Renan Filho (MDB), que institui o dia estadual das Associações Antialcoólicas e de Combate a outras Drogas no Estado de Alagoas, a ser comemorado anualmente no dia 17 de agosto.

O deputado fez um amplo relato sobre os males provocados pelo álcool, tanto na saúde, quando no lado social, onde milhares de famílias são dizimadas diariamente pela ingestão da bebida, lembrando que o alcoolismo já foi classificado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como uma doença.

Com dados estatísticos, o deputado disse que cerca de 237 milhões de homens e 47 milhões de mulheres em todo o planeta, sofrem com a doença do alcoolismo e que mais de 3 milhões de pessoas morrem por ano vítimas do álcool, a mesma população de Alagoas. “Se não fossem vocês, esse número estaria bem maior”, disse o parlamentar parabenizando os membros de AA, que tem salvado milhões de outras pessoas em todo o mundo.

Ele classificou a doença do alcoolismo, como crônica e com aspectos comportamentais e socioeconômicos caracterizada pelo consumo compulsivo do álcool, na qual o usuário se torna progressivamente tolerante à intoxicação, produzida pela droga e desenvolve sinais e sintomas de abstinência, quando a mesma é retirada.

Ricardo Nezinho parabenizou um dos membros de AA, que há 38 anos, em sua casa, fazia a primeira reunião com pessoas com problemas com o alcoolismo, lançando uma semente chamada de AA, dando início desta forma, com a criação do Grupo Coragem, localizado na Rua Tiradentes, bairro Baixão, em Arapiraca, que reúne homens e mulheres para seguirem as tradições do AA e com isso, lutar pela recuperação.

O parlamentar agradeceu o convite para que ele pudesse fazer uma espécie de prestação de contas através da criação de uma lei de sua autoria, que presta uma homenagem a uma irmandade que ao longo dos seus, mas precisamente desde 1935, o AA, nasceu em Akron, Ohio, nos Estados Unidos, por dois homens que também tinham problemas com o álcool, chamados de Bil e Bob. “O projeto é um reconhecimento pelo trabalho realizado pela entidade, que tem salvado milhões de pessoas em todo o mundo”, concluiu Ricardo Nezinho.

 

FONTE:  www.arapiraca.7segundos.com.br

Imprensa RNZ

Imprensa RNZ