Biografia

Ricardo Nezinho ArapiracaRicardo Pereira Melo, natural de Arapiraca – Alagoas.
Médico veterinário, formado pela Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Ingressou na vida pública no ano de 1992, quando assumiu o cargo de vereador por Arapiraca. Cargo para o qual foi reeleito na três eleições seguintes -1996, 1999 e 2003.

Na eleição de 1999, foi o mais votado do pleito e, na eleição seguinte, em 2003 – o segundo mais votado.
Ocupou os principais cargos da Mesa Diretora. Em 2003, assume o cargo de Presidente da Mesa Diretora.
No início de 2005, é reeleito, por unanimidade, presidente da Câmara Municipal de Arapiraca.

Como presidente liderou um processo de modernização administrativa e funcional sem precedentes na história do Poder Legislativo arapiraquense. A sua gestão foi marcada por um intenso processo de aproximação da Câmara com a sociedade arapiraquense ao criar mecanismos de acompanhamento e participação popular nas ações desenvolvidas pela Casa.

Entre estes mecanismos podemos destacar o site oficial da instituição que, desenvolvido e implantado em sua gestão, obteve expressivo reconhecimento de instituições nacionais e internacionais, pelo valioso trabalho de resgate e preservação da história de Arapiraca e da Câmara Municipal.

No início de 2003, Ricardo realiza uma das ações mais importantes da sua gestão – a parceria empreendida com o Programa Interlegis do Senado Federal – que culminou com a implantação do Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL). O pioneirismo desta iniciativa tornou a Câmara Municipal de Arapiraca a primeira Câmara Municipal do Nordeste brasileiro a implantar o principal produto do Programa Interlegis – o SAPL.

A iniciativa pioneira de Ricardo conferiu à sua gestão destacado reconhecimento da direção do Programa Interlegis – que o convidou para apresentar a sua experiência de modernização na Câmara Municipal de Arapiraca – como um caso de sucesso, em diversos seminários promovidos pelo programa.

Ricardo proferiu palestra no Seminário Nacional do Programa Interlegis, em Brasília-DF, e nos seguintes seminários regionais também promovidos pelo Programa Interlegis: Seminário da Região Nordeste realizado em Maceió, Seminário da Região Norte realizado na cidade de Palmas-TO, e no Seminário da região Centro-Oeste realizado em Goiânia-GO.

O trabalho liderado por Ricardo despertou interesse até na Região Sul do Brasil. Em 2005, a Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, por intermédio da Escola do Legislativo, convidou Ricardo para expor seu trabalho no Seminário O Poder Legislativo na Construção Política do Brasil, realizado em Porto Alegre-RS.

Ricardo também recebeu convite das assembleias legislativas dos estados de Sergipe e Pernambuco, e proferiu palestras nas cidades de Aracaju e Garanhuns onde expôs o trabalho desenvolvido por ele na Câmara Municipal de Arapiraca.

Em todos esses seminários, a experiência de modernização liderada por Ricardo, na Câmara Municipal de Arapiraca, foi apresentada como um exemplo de transparência e modernidade legislativa para todo o país, cujo fato promoveu a Câmara Municipal de Arapiraca à linha de frente no seio da comunidade legislativa nacional, com destaque nos quesitos transparência, modernidade legislativa e administrativa.

Nas eleições de 2006, é eleito deputado estadual com expressiva votação (31.872). A sua votação em Arapiraca (17.993 votos), faz de Ricardo Nezinho o candidato a deputado estadual mais votado em sua terra natal.

Nas eleições de 2010, foi reeleito para o cargo de deputado estadual por Alagoas, obtendo uma votação ainda mais expressiva: 35.107 votos.

Ricardo foi o autor da Lei Complementar 27 que criou a Região Metropolitana do Agreste, formada por Arapiraca e mais 15 municípios – Campo Grande, Coité do Nóia, Craíbas, Feira Grande, Girau do Ponciano, Junqueiro, Lagoa da Canoa, Limoeiro de Anadia, Olho d’Água Grande, São Sebastião, Taquarana, Traipu, Tanque d’Arca, São Braz e Jaramataia.

Nas eleições de 2014 foi eleito mais uma vez deputado estadual com a expressiva votação de 44.058 votos, sendo o terceiro mais votado entre todos os candidatos do pleito.

Atualmente ocupa os cargos de líder da bancada do PMDB e a presidência da Comissão de de Orçamento, Finanças, Planejamento e Economia.