22 de abril de 2005
0 comments
Compartilhe

Biografia de Manoel Firmino Leite

Manoel Firmino Leite, Patrono da Cadeira nº 09 (da Academia Arapiraquense de Letras e Artes. (ACALA)

Conforme uma pesquisa feita pelo professor Valdema, Manoel Firmino Leite nasceu no Distrito de Arapiraca, Município de Limoeiro de Anadia aos 19/05/1900, filho do casal Firmino Leite da Silva e de Josefa Evaristo da Silva. Morando na Rua do Comércio, atual Praça Manoel André – Arapiraca, foi aluno da professora Antonia Macêdo, membro da Sociedade Musical Arapiraquense, morou uma temporada em Mata Grande na companhia do Padre Macedo (1915), membro do Tiro de Guerra que foi criado em 1918, em Arapiraca. Ajudou seus pais na casa comercial e foi também comerciante, casou-se com sua parenta Eudócia de Souza Leite, pai de 08 filhos. Trabalhou no Cartório tabelião João Ribeiro Lima como escriturário. Como músico, tornou-se muito popular, sempre gostou de política, tendo a felicidade de ser Prefeito de Arapiraca de 26/07/1932 à 07/02/1933, de seus filhos e filhas foram bem educados destacando-se: Padre Darci, Padre José, e três professoras. Participava ativamente da igreja católica como animador das festas de Nossa Senhora do Bom Conselho e outras.
Durante o mandato do Prefeito Luiz Pereira Lima, exerceu a função de Tesoureiro da Prefeitura (1948 a 1951). No mandato do Dr. Coaracy da Mata Fonseca, continuou como tesoureiro da Prefeitura (1951 a 1955). Com a mudança de Prefeitos de outros partidos, Manoel Firmino se afastou da vida política, após a aposentadoria foi morar com o Monsenhor Macedo, seu grande amigo em Palmeira dos Índios, onde viveu acompanhando muitos momentos de glória ao lado de muitos familiares. Faleceu no dia 01/04/1969, com 69 anos incompletos.
Durante muitos anos foi servidor público municipal. Era escolhido também para avaliar com argüição os alunos das Escolas do Município tanto na cidade, como no interior.
No livro ARAPIRACA ATRAVÉS DO TEMPO, está escrito que Manoel Firmino Leite firmou-se como excelente músico da sociedade Musical União Arapiraquense, tocando piston ao lado de Vergílio Rodrigues, Chico Leite, Mestre Jovino, Genésio Rodrigues, Gondim, Filadélfo Macedo e outros familiares que também tocavam nos pastoris e eventos daquela época.

Comentários

Nenhum comentário! Você pode ser o a comentar este post!

Write comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *