22 de abril de 2005
0 comments
Compartilhe

Biografia de Adoniran Lúcio de Souza Guerra

adoniranAdoniran Lúcio de Souza Guerra é representante da tradicional família Lúcio, liderada pelo saudoso senador João Lúcio da Silva, um dos grandes vultos da vida pública da região do Agreste e que por duas vezes o cargo de prefeito de Arapiraca. Conhecido popularmente por Adoniran Guerra, é filho de Leondeny Cavalcante de Souza Guerra e Bernadete Lúcio da Silva Guerra. Tem quatro filhos: Victor, Bernadete, Cléa e Hellen. Nasceu em Arapiraca no dia 30 de outubro -, dia da emancipação política do município – de 1964 – ano da revolução -, datas que para quem acredita no destino, explicam o perfil revolucionário e decidido da sua vida empresarial e pública.

Guerra, já no período em que estudou o ginásio, no Colégio Quintela Cavalcante, dava demonstrações claras do seu espírito público, sendo eleito por várias vezes líder de turma. Aos 16 anos, deixa Arapiraca para dar continuidade aos seus estudos na Capital do Estado. Primeiro, no Colégio Sagrada Família. Mais tarde conclui o 2° grau no Colégio Marista de Maceió, por onde foi eleito presidente do Centro Cívico. No ano de 1996, ingressa no curso de Ciências Contábeis, tendo uma forte participação no movimento estudantil da época, sempre à frente das reivindicações da categoria. Ainda em Maceió, exerceu as atividades de corretor de imóveis e empresário do ramo de entretenimento, chegando – no período áureo do turismo alagoano – a ser proprietário da casa de maior destaque do setor , o Nicola’s Bar.

No ano de 1991, Adoniran foi convocado pela família a retornar ao município, para dar continuidade, na vida pública de Arapiraca, ao trabalho político realizado pelo seu avô, senador João Lúcio, e seu tio Narciso Lúcio, que na época era deputado estadual. Ao chegar ao município, instala a primeira loja de produtos importados da cidade, a Guerra Importados, e é convidado pelo superintendente da SUDENE, Elionaldo Magalhães, a candidatar-se a vereador, fazendo uma campanha totalmente voltada para os mais carentes. Guerra emprega todos os recursos da campanha na construção de uma creche no bairro da Cohab Nova (Planalto). Como fruto das suas gestões, é convidado a ingressar no PSDB, partido pelo qual exerceu os cargos de secretário geral e presidente. No ano de 1993 foi nomeado pelo então governador do Estado, Divaldo Suruagy, para o cargo de diretor geral da 5ª Ciretran, sendo então eleito presidente da ADICAL – Associação dos Diretores de Ciretran do Estado de Alagoas. Com a eleição da prefeita Célia Rocha, é convidado a ocupar o cargo de secretário de governo municipal, mais tarde recebendo a missão de instituir no município a SMTT – Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito, primeiro órgão desse estrutura implantado no Estado. Também tornou a cidade a oitava da Região Nordeste a ter o trânsito municipalizado. No mesmo governo ocupa o cargo de presidente da Defesa Civil, tendo sido mentor e fundador do SAC – Serviço de Atendimento ao Cidadão. De 2001 a 2004, exercendo o mandato de vereador, tem uma forte atuação na bancada de oposição ao executivo municipal, liderando as seções mais polêmicas daquela Casa. Nesse intervalo candidata-se a deputado estadual e, em apenas 32 dias de campanha, fica na condição de primeiro suplente pelo PRONA.

Em maio de 2002, preocupado com a ausência de um veículo de comunicação que traduzisse as conquistas e os anseios do interior alagoano, funda o Jornal Alagoas em Tempo, que em pouco tempo se tornou o maior jornal do interior alagoano e o primeiro a instalar uma sucursal na Capital do Estado. Logo é reconhecido pela classe política de Maceió, sendo outorgado pela Câmara Municipal com o título de Comendador, proposta de autoria do vereador Christiano Matheus, aprovada por unanimidade pelo Legislativo maceioense.

Comentários

Nenhum comentário! Você pode ser o a comentar este post!

Write comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *