22 de julho de 2021
Imprensa RNZ (1234 articles)
Share

Arapiraca quer evitar partilha de votos

Com uma população estimada em 240 mil habitantes, Arapiraca é o segundo maior colégio eleitoral de Alagoas com um contingente superior a 141 mil eleitores. Contudo, a cidade sempre foi considerada uma cidade-dormitório de votos para os candidatos nas eleições majoritárias de governador, senador, deputado estadual e deputado federal.

No pleito majoritário de 2018, os caciques políticos alagoanos investiram pesado na partilha de votos dos arapiraquenses. Conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na eleição ocorrida três anos atrás, mais da metade dos votos de Arapiraca foram dados para os considerados candidatos de outras cidades.

Dos 141.054 votos disputados, o pleito registrou apenas 102 mil votos válidos e, desse total, 52 mil foram para os candidatos considerados forasteiros, sobrando apenas 50 mil votos para candidatos nativos de Arapiraca.

Como exemplo disso, os candidatos a deputado federal, em 2018, que conseguiram mais votos na Capital do Agreste, foram o ex-deputado federal e atual prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (JHC), e os deputados federais e candidatos Arthur Lira (PP), Marx Beltrão (PSD), Sérgio Toledo, Heloísa Helena, Paulão (PT), Ronaldo Lessa (PDT), Givaldo Carimbão, Pedro Vilela (PSDB), entre outros.

FIEL DA BALANÇA

Com a eleição para prefeito, no ano passado, o MDB em Arapiraca saiu vitorioso para o pleito de 2022, em razão do fortalecimento com a eleição de Luciano Barbosa para prefeito. O atual gestor será o comandante do processo eleitoral em 2022 no município e na região Agreste. O deputado estadual Ricardo Nezinho, também do MDB, obteve 43.961 votos, sendo o segundo mais votado para a Assembleia Legislativa do Estado (ALE).

Nezinho deverá ir para a reeleição, em 2022, juntamente com os deputados arapiraquenses Tarcizo Freire (PP) e Breno Albuquerque, que está de saída do PRTB.

Outros nomes da cidade estão sendo cotados para o pleito do ano que vem, a exemplo do atual presidente da Câmara de Vereadores, Thiago ML (PROS) e o também vereador Pablo Fênix (PSDB); o ex-vereador e ex-deputado estadual Cícero Valentim e a ex-vice-prefeita e atual secretária de estado da Assistência Social, Fabiana Pessoa (Republicanos).

Para a Câmara Federal, comentários de bastidores dão conta que o jovem Daniel Barbosa, filho de Luciano Barbosa, poderá disputar uma das nove vagas para a Câmara Federal. O atual deputado federal Severino Pessoa (Republicanos) já anunciou que vai disputar a reeleição.

O vereador Pablo Fênix (PSDB) afirma que sempre defendeu uma maior representatividade de Arapiraca na Câmara dos Deputados. De acordo com ele, Arapiraca precisa de mais representantes para unirem forças e, com isso, tornar o município mais forte com uma bancada federal.

 

FONTE:  www.tribunahoje.com

Imprensa RNZ

Imprensa RNZ